//Massa muscular, como aumentar?

Massa muscular, como aumentar?

Próximo da época de competições desportivas e concursos morfológicos deve-se começar a preparar os cavalos para chegarem num ótimo estado físico.

Qual é a condição muscular ideal?

Em competições morfológicas, muitas vezes é errado apresentar animais passados. O cavalo deve chegar musculado, sem sobrepeso. Este excesso injustificado pode representar um risco para o animal e para sua vida desportiva e pode facilitar o aparecimento de lesões nas extremidades.

No caso do cavalo de desporto, as perdas de massa muscular ocorrem frequentemente após períodos de lesão ou repouso forçado, exigindo um esforço extra posterior para a recuperação muscular.

Como aumentar a massa muscular do cavalo?

Para aumentar a massa muscular do cavalo, seria desejável aumentar o nível de proteína e energia na dieta. Também é benéfico aumentar a intensidade dos treinos e a quantidade de suplementos dietéticos.

Qualquer dúvida, consulte o seu veterinário.

No que diz respeito ao treino, podemos começar por aumentar a intensidade do trabalho progressivamente. O aumento radical do trabalho pode causar lesões nos músculos do animal e causar a produção excessiva de ácido lático (“rigidez”).

Em potros que vão competir em provas morfológicas também é aconselhável a realização de trabalhos de volteio para ajudar o desenvolvimento muscular.

Alterar a dieta é o segundo passo a seguir. Não se deve fornecer a mesma dieta a um cavalo que está no prado em descanso e a um cavalo que vai começar a realizar um trabalho intenso. Para o aumento da massa muscular será necessário aumentar o nível de alguns nutrientes na dieta necessários para o desenvolvimento do músculo do nosso cavalo.

O músculo é composto principalmente por proteínas. Por sua vez, as proteínas são compostas por aminoácidos, que são classificados em duas classes, aminoácidos essenciais e não essenciais. Os essenciais são aqueles que não são produzidos no próprio organismo e devem ser fornecidos através da alimentação. Pelo contrário, os não essenciais são sintetizados no organismo.

No músculo, os aminoácidos predominantes são leucina e lisina. Especificamente, a lisina que em quantidades insuficientes limita a síntese proteica e, portanto, diminui a massa muscular.

Além da proteína, na dieta deve-se aumentar o nível de energia ou calorias. As calorias por si só não se convertem em fibras musculares. Se o cavalo estiver num balanço de energia negativo, isto é, se estiver a consumir mais calorias do que as que a dieta fornece, não há síntese de proteínas e as próprias proteínas passam a ser fonte de energia quando há défice energético.

Conforme indicado acima, também podemos adicionar à dieta suplementos dedicados ao aumento da massa muscular e de suporte energético.

Que suplementos alimentares podem contribuir para o aumento da massa muscular?

Alguns suplementos, como FOAL WEANER ou BCAA, contêm um alto teor de aminoácidos, especialmente de lisina.

O monohidrato de creatina presente em suplementos como PURE POWER CREATINE fornece a energia necessária para permitir que o músculo contraia mais intensamente e frequentemente.

Durante o treino, os músculos requerem enormes quantidades de energia de acção rápida. Esta energia é disponibilizada principalmente a partir da molécula trifosfato de adenosina (ATP). O corpo converte a creatina em fosfocreatina, que pode ser usada para gerar ATP. A creatina é sintetizada internamente pelo fígado e pelos rins pelo que não é frequente nos vegetais, por isso é aconselhável complementá-la na dieta para atingir níveis aceitáveis ​​no organismo.

Também podemos administrar a substância Gamma Oryzanol, que promove a síntese de proteínas, ajudando a aumentar a massa muscular e a condição corporal do cavalo. Este esteroide natural, derivado do óleo de farelo de arroz, é encontrado em suplementos como o MUSCLE UP, que inclui antioxidantes que fazem deste suplemento um produto que se encaixa em todos os tipos de animais.

productos para aumento masa muscular

By | 2018-02-26T18:26:33+00:00 20 Setembro 2017|Sin categoría|0 Comments

About the Author: