//AJUDA NA PRÉ-GESTAÇÃO DA ÉGUA

AJUDA NA PRÉ-GESTAÇÃO DA ÉGUA

Tal como nas outras espécies, a gestação da égua envolve alterações hormonais e fisiologicas importantes. Este período tem uma duração aproximada de 11 meses, sendo que no último trimeste o feto cresce mais de 76%. Por isso, o corpo da égua deve estar preparado previamente para se adaptar à gestação.

ENERGIA E NUTRIÇÃO DURANTE A GESTAÇÃO

A gestação implica um gasto energético enorme, chegando a requerer um consumo de até 21.000 kcal diárias. Assim, as necessidades nutricionais da égua variam de forma importante.

embarazo-de-una-yegua-min-2-e1503004955215

Em função da etapa da gestação na qual se encontra a égua, distinguem-se três escalões nutricionais:

ETAPA ENERGIA REQUERIDA PROTEÍNA CÁLCIO FÓSFORO
Do mês 1 a 8 11,5 Mcal 550 gr/dia 16 gr/dia 11,2 gr/dia
Do mês 9 a 10 12,75 Mcal 660 gr/dia 30 gr/dia 22 gr/dia
último mês de gestação 13,6 Mcal 770 gr/dia 31 gr/dia 25 gr/dia

Como se pode observar, as necesidades energéticas vão aumentando à medida que se aproxima o parto, com um maior aumento no último terço da gestação. A absorção de minerais por parte do poldro é maior nesta fase; aumentado, portanto, de forma significativa, as necessidades de cálcio e fósforo da égua. É nesta etapa que devemos ter maior cuidado em realizar um controlo mais exaustivo do alimento que o animal ingere.

Durante este período é recomendado fornecer ao animal uma ração de maior qualidade que responda a estas necessidades da égua gestante.

COMO EVITAR AS CARÊNCIAS NUTRICIONAIS?

O betacaroteno, o ácido fólico e a vitamina E são substâncias naturais que se encontram de forma abundante na forragem da primavera. No entanto, durante os primeiros meses da época reprodutiva são comuns as deficiências nutricionais.

Na maioria dos casos, a forragem de inverno proporciona uma nutrição suficiente para alcançar um alto rendimento e alta fertilidade. Neste contexto, é importante fornecer os suplementos corretos à égua.

Produtos como o BETA CAROTENO da TRM estão formulados de forma exclusiva para ajudar as éguas durante a época de reprodução. De facto, estudos indicam o efeito positivo que tem o betacaroteno na fertilidade.

Do mesmo modo, o VITA-E-PLUS da TRM contém nutrientes essenciais para éguas e garanhões. A sua administração à égua assegura o aporte destas importantes vitaminas, junto com o benefício adicional do aminoácido lisina, que participa no desenvolvimento muscular e crescimento ósseo em animais jovens.

beta + vita

QUE FATORES INFLUENCIAM A PREPARAÇÃO DA GESTAÇÃO?

Já vimos que o aumento da energia, o nível de proteína, as vitaminas e os minerais que fornecemos à égua ajudam na correta preparação da gestação. No entanto, existem outros fatores relevantes que devemos ter em consideração:

haflinger-288823_1920

O PESO

As éguas devem manter uma condição corporal ótima durante toda a gestação. No entanto, avaliar a perda de peso de uma égua gestante pode ser complicado, já que aumenta o seu volume abdominal dada a existência de um poldro e não avaliamos corretamente a perda de peso real.

O excesso ou o pouco peso podem causar alterações e patologicas como a diminuição da fertilidade, distócias, má qualidade do colostro, poldros pouco desenvolvidos, resistência à insulina, etc. Por isso, é util a utilização de um medidor de condição corporal.

A IDADE

A idade da égua também condiciona a fertilidade e o desenvolvimento de patologias. Em função da idade podemos sugerir a seguinte classificação:

  • Dos 3 anos e meio até aos 7 anos: é a idade ideal para a conceção.
  • Dos 7 anos aos 9 anos: há mais riscos durante a gestação mas ainda estão em idade reprodutiva.
  • Dos 9 anos diante: maior probabilidade de partos distócicos, mais patologias associadas, não é recomendado.

DESENVOLVIMENTO ESQUELÉTICO

O desenvolvimento ósseo tanto da égua gestante como do poldro baseia-se numa dieta equilibrada que contenha os nutrientes essenciais necessários. Para isso, o produto de eleição para conseguir um ótimo desenvolvimento do poldro é o CALPHORMIN da TRM.

Este suplemento fornece ao poldro a melhor base nutricional possível, pois garante que a égua receba um equilibrio de macro-minerais, oligoelementos e aminoácidos, que passam para o poldro durante a gestação.

5000127

By | 2019-02-06T17:23:19+00:00 29 Novembro 2018|Sin categoría|0 Comments

About the Author: