//Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC)

Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC)

As doenças pulmonares nos cavalos são de grande importância. Uma simples tosse ou um aumento da produção de mucosidade, pode provocar a obstrução das vias respiratórias do animal, causando um decréscimo do rendimento se falarmos de cavalos de desporto. Também é igualmente importante nos casos em que não se possa montar por risco de colapso completo das vias respiratórias.

Em concreto, a Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica ou DPOC é uma patologia pulmonar frequente em todo o tipo de cavalos. Semelhante à asma das pessoas, poode manifestar-se de várias maneiras. Todos os sintomas vêm de um estreitamento das vias respiratórias, espasmos do tecido muscular, engrossamento e atrofia dos tecidos pulmonares.

O SISTEMA RESPIRATÓRIO DO CAVALO

O sistema respiratório dos cavalos e de outros mamíferos efetua uma troca entre o oxigénio e o dióxido de carbono. O oxigénio entra nos pulmões durante a inspiração e o dióxido de carbono sai com a expiração.

O cavalo diferencia-se de muitos mamíferos que normalmente não respira através da boca. Não obstante, possui fossas nasais grandes que podem abrir-se quando aumenta a demanda de oxigénio.

O sistema respiratório divide-se em vias superiores e inferiores, a patologia DPOC acontece nas inferiores.

As vias respiratórias inferiores contêm o que chamamos de arvore bronquial. Este é composto de brônquios, bronquíolos e alvéolos. A zona em que se unem os bronquíolos e os alvéolos é onde ocorrem as trocas gasosas. O oxigénio passa através da membrana brônquio-alveolar para o sangue. Em contrário, o dióxido de carbono passará da corrente sanguínea para o pulmão onde será eliminado pela expiração.

Quando o sangue sai da área pulmonar, está saturado de oxigénio. Este será transportado através do sistema arterial aos tecidos onde será utilizado para o metabolismo celular e se consegue obter energia para todos os diferentes processos naturais do organismo.

O QUE É a DPOC?

A Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) é um estreitamento das vias respiratórias inferiores como resposta a uma reação alérgica a partículas ambientais, tais como o pó, esporos de fungos ou pólen.

A chegada do alergénio às vias respiratórias inferiores provoca uma reação alérgica. Esta aumenta a produção de muco e a contração das vias mencionadas, causando o chamado broncospasmo. A diminuição do tamanho dos brônquios, que pode chegar a ser um colapso total das vias respiratórias, provocará uma diminuição total ou parcial da passagem de ar, e com isto, uma diminuição do oxigénio que chega aos tecidos.

A DPOC é mais frequente em cavalos adultos e que se encontram estabulados em box, no entanto pode ocorrer em qualquer idade, incluindo cavalos em pastos. Está associada a ambientes com muito pó e com alimentação à base de feno com fungos, onde os esporos se encontram em maior concentração.

Esta patologia ocorre gradualmente. Inicialmente os sinais são leves, e à medida que se desenvolve a doença, os ataques de alergia vão ocorrendo com maior gravidade, prolongando-se durante toda a vida do animal.

Os sintomas desta doença são:

  • Tosse
  • Aumento de muco nas narinas
  • Sibilos ou sons de assobios como resultado do movimento do ar pelas vias aéreas estreitas
  • Aumento do esforço respiratório
  • Aumento da frequência respiratória
  • Flapping das narinas
  • Extensão da cabeça e pescoço
  •  Hipertrofia dos músculos oblíquos abdominais externos

sintomas-DPOC

TRATAMENTO E PREVENÇÃO

A melhor solução para a DPOC é eliminar as causas que provocam a alergia.Para isso podem ser tomadas medidas de forma a que os cavalos afetados passem a viver em prados.

Quando não é possível, devemos eliminar os fungos e o pó do ambiente e da forragem, por exemplo, molhando o fendo 2º minutos antes de dar ao cavalo. Também se pode humedecer ligeiramente o chão com água para impedir o excesso de pó.

O veterinário administrará broncodilatadores para ajudar durante os casos agudos da doença, ou com corticosteroides para ajudar a reduzir a inflamação em casos crónicos.

A Administração destes fármacos por nebulização fará a terapia mais eficiente e chegará diretamente á zona afetada. Se nebulizar apenas com soro fisiológico, irá limpar as vias respiratórias dos alergénios.

flexineb

A nebulização encontra-se à disposição de todo o mundo, tanto veterinários como tratadores ou cavaleiros. Um nebulizador fácil de usar sem necessidade de conhecimentos técnicos é o FLENIXEB 2, um equipamento silencioso que evita o stress que os restantes nebulizadores provocam, permitindo uma nebulização efetiva com várias substâncias, desde medicamentos óleos essenciais ou soro.

By | 2018-02-26T18:25:11+01:00 6 Setembro 2017|Sin categoría|0 Comments

About the Author: